Mude. Mas comece devagar.

Dizem que o início de um Novo Ano é propício à mudança.

Surge uma vontade de mudar e de redefinir objectivos, aproveitando o recomeçar do calendário para um novo recomeço também.

É importante não ficar paralisado no medo e na ansiedade que a perspectiva de mudança provoca.

É igualmente importante não perspectivar uma mudança tão drástica e tão repentina que não chega a poder concretizar-se.

Para que a mudança seja efetiva, é preciso que seja feita de forma gradual e consciente. Analisando diferentes perspectivas, tomando contacto com o que é realmente importante mudar, definindo e redefinindo objectivos ponderados. E é neste caminho que o acompanhamento psicológico pode ser útil, porque nem sempre é fácil tomar contacto e por em perspectiva.

“Mude, mas comece devagar,
porque a direção é mais importante que a
velocidade.
Sente-se noutra cadeira, noutro lado da mesa.
Mais tarde, mude de mesa.
Quando sair, procure andar pelo outro lado da rua.
Depois, mude de caminho, ande por outras ruas,
calmamente, observando com atenção os lugares por onde você passa.
… ”   Clarice Lispector

 

Inês Carvalho – Psicóloga Clínica

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s